SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

Geral

Rui se reúne com prefeitos de cidades atingidas pela chuva

O Estado decretou Situação de Emergência em 24 municípios da Bahia

Publicado

em

O governador Rui Costa se reuniu, em videoconferência, nesta sexta-feira (10), com prefeitos dos municípios do Sul e Extremo Sul baianos que vêm sofrendo com as fortes chuvas. Secretários de estado também participaram do encontro que serviu para fazer um diagnóstico detalhado dos problemas que as cidades estão enfrentando e reforçar o suporte que o governo estadual já começou a oferecer através de uma força-tarefa.
Foto: Alberto Coutinho/GOVBA

O governador Rui Costa se reuniu, em videoconferência, nesta sexta-feira (10), com prefeitos dos municípios do Sul e Extremo Sul baianos que vêm sofrendo com as fortes chuvas. Secretários de estado também participaram do encontro que serviu para fazer um diagnóstico detalhado dos problemas que as cidades estão enfrentando e reforçar o suporte que o governo estadual já começou a oferecer através de uma força-tarefa.

Entre os 21 prefeitos estavam Jânio Natal, de Porto Seguro; Manrick Teixeira, de Vereda; Marcelo Belitardo, de Teixeira de Freitas; Adalberto Pinto, de Medeiros Neto; Arivaldo Costa, Jucuruçu e Marcelo Angênica, de Itamaraju. Na reunião, os participantes sinalizaram problemas como falta de abastecimento de energia elétrica e água, além de dificuldade de resgate de pessoas que se encontram ilhadas em suas residências.

“Nivelamos as informações das ações do estado, ouvimos todos os presentes e vamos manter uma reunião diária emergencial com toda a equipe de governo e municipais para tomar as providências. Já conseguimos, em vários locais, fazer resgates de muitas pessoas doentes e mulheres grávidas. Onde o abastecimento de água foi interrompido e é possível ter acesso, a Embasa está enviando caminhões pipa”, citou Rui Costa.

O governador Rui lembrou que os temporais atingem quase todo o estado da Bahia, como também foi o caso de Salvador,  mas a situação mais crítica é no Extremo Sul, principalmente em Jucuruçu e Itamaraju, no distrito de Nova Alegria. “Estas regiões estão, praticamente, embaixo d’água. A prioridade é tirar as pessoas de áreas de risco, mas, infelizmente, as condições do tempo estão limitando as ações aéreas”, explicou.

Aos moradores dos locais mais afetados, ele pediu que se abriguem em áreas mais altas e solicitem ajuda diante do alerta de mais chuvas e vazão de água nas áreas ribeirinhas: “Faço um apelo para que as pessoas que estão próximas de rios e riachos saiam das suas casas e vão para regiões mais altas. Esses rios e algumas barragens vão soltar mais água. Recebemos um alerta da Chesf, que opera a barragem de Pedras, em Jequié, afirmando que, até amanhã, vai soltar um volume grande de água. Faço este alerta para que as prefeituras e órgãos de defesa civil e assistência social retirem as pessoas dessas localidades o mais rápido possível”.

A força-tarefa realizada pelo Governo do Estado da Bahia desde a última quarta-feira (8), envolve a Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec), Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA), o Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer) e a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), entre outros órgãos estaduais.

Aeronaves, barcos, botes e caminhonetes estão sendo utilizados para dar socorro aos moradores das comunidades alagadas. A distribuição de cestas básicas, cobertores, lonas e medicamentos é feita de acordo com o diagnóstico previamente feito pelo estado e municípios

A edição desta sexta-feira (10) do Diário Oficial do Estado traz a publicação de um decreto de Situação de Emergência em 24 municípios afetados pelas fortes chuvas em diferentes regiões da Bahia. A medida determina que todos os órgãos estaduais devem se mobilizar, no âmbito de suas competências, para apoiar as ações de socorro às cidades. O decreto tem validade de 90 dias.

Chuvas na Bahia

Governo do Estado entrega eletrodomésticos em Vereda

Foram 96 geladeiras, 96 fogões, 96 botijões e 96 colchões às famílias afetadas pelas chuvas no extremo sul

Publicado

em

O Governo do Estado entregou nesta terça-feira (4), cerca de 400 eletrodomésticos e colchões para a população de Vereda, no extremo sul da Bahia,
Foto: Manu Dias/GOVBA

O Governo do Estado entregou nesta terça-feira (4), cerca de 400 eletrodomésticos e colchões para a população de Vereda, no extremo sul da Bahia, a 817 km de Salvador. Foram entregues 96 geladeiras, 96 fogões, 96 botijões e 96 colchões às famílias afetadas pelas chuvas.

A ação marca a continuidade das entregas que começaram na semana passada para famílias de Itamaraju. Na última quarta-feira (29), o Governo do Estado iniciou a entrega de 380 geladeiras, 500 botijões de gás, mil fogões e cinco mil lâmpadas eficientes para a população de Itamaraju.

Os eletrodomésticos e utensílios foram adquiridos pelo Governo do Estado, por meio do Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza (Funcep), e também doados por empresas como a Neoenergia Coelba e o Magazine Luiza.

O cadastramento das famílias beneficiadas é feito pela prefeitura municipal com apoio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), que tem atuado junto às equipes de assistência social dos municípios, e da Superintendência de Defesa Civil da Bahia (Sudec).

Continue Lendo

Geral

Governo suspende venda de 24 marcas de azeite

Segundo a pasta, as irregularidades incluem produtos sem registro e contrabandeados.

Publicado

em

A venda de 151.449 garrafas de 24 marcas de azeite de oliva foi suspensa após os produtos terem sido considerados impróprias para o consumo.
Foto: Ministério da Agricultura/Divulgação

A venda de 151.449 garrafas de 24 marcas de azeite de oliva foi suspensa após os produtos terem sido considerados impróprias para o consumo. A medida foi dada depois da operação de fiscalização do Ministério da Agricultura para combater fraudes em azeites de oliva nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Goiás, Paraná e Santa Catarina.

Segundo o Ministério da Agricultura, as irregularidades incluem produtos sem registro e contrabandeados. Durante a operação, também foram encontradas três fábricas clandestinas que estavam envasando azeites de oliva que, na verdade, não passavam de uma “mistura de óleos vegetais de procedência desconhecida”.

O objetivo da ação, ainda de acordo com o governo, foi evitar que o consumidor seja enganado, ainda mais com a proximidade das festas de fim de ano, período em que a demanda por azeite aumenta.

“Os consumidores não devem comprar os azeites dessas marcas divulgadas. Fica o alerta também para os supermercados, pois o local que estiver com um desses produtos expostos à venda se responsabilizará pela irregularidade e responderá perante o Ministério, com multas que podem chegar a R$ 532 mil”, alertou o diretor do Departamento de Inspeção de Produtos Origem Vegetal, Glauco Bertoldo.

Confira as 24 marcas de azeite com venda suspensa pelo governo:

– Alcazar

– Alentejano

– Anna

– Barcelona

– Barcelona Vitrais

– Castelo dos Mouros

-Coroa Real

– Da Oliva

-Del Toro

– Do Chefe

– Épico

– Fazenda Herdade

– Figueira do Foz

– llha da Madeira

– Monsanto

– Monte Ruivo

– Porto Galo

– Porto Real

– Quinta da Beira

– Quinta da Regaleira

-Torre Galiza

– Tradição

– Tradição Brasileira

– Valle Viejo

Continue Lendo

Geral

Salvador inicia programa de dignidade menstrual

As alunas da rede municipal também receberão material impresso com informações sobre higiene e saúde feminina

Publicado

em

Salvador é uma das primeiras cidades do país a contar com um programa de cuidados com a saúde e a dignidade menstrual da mulher,
Foto: Betto Jr./SecomPMS

Salvador é uma das primeiras cidades do país a contar com um programa de cuidados com a saúde e a dignidade menstrual da mulher, que terá como foco as alunas da rede municipal de ensino. Realizado pela Prefeitura, o programa Ciclo de Cuidados – Programa de Dignidade Feminina, foi lançado nesta segunda-feira (22) pelo prefeito Bruno Reis, em cerimônia ocorrida na Escola Municipal Teodoro Sampaio, em Santa Cruz.

O Ciclo de Cuidados prevê diversas ações, com destaque para a distribuição de absorventes higiênicos às estudantes. Para tanto, o município adquiriu 500 mil unidades do produto, que serão distribuídas mensalmente para 28 mil adolescentes e mulheres com idades entre 11 e 60 anos.

De acordo com o prefeito, serão investidos anualmente cerca de R$700 mil na compra de absorventes. “A Prefeitura acredita na educação e na transformação que ela pode fazer. Também sabemos que muitas dessas meninas chegam a abandonar a escola por falta do absorvente. Hoje, em Salvador, temos cerca de 20 mil famílias que perderam a condição de pagar escolas e creches, por conta da pandemia, e que estarão em nossa rede municipal no próximo ano, e estaremos preparados para esta demanda”, afirmou Bruno Reis.

Impacto

Estudos desenvolvidos por universidades e órgãos internacionais, como a Unicef, mostram que a pobreza menstrual é um dos fatores que podem levar ao absenteísmo ou à evasão escolar. A falta do absorvente higiênico inviabiliza a ida à unidade de ensino.

Com isso, através do programa, as beneficiadas vão receber 16 absorventes todo mês, ajudando na continuidade da frequência às aulas e trazendo dignidade a estas meninas e mulheres, principalmente neste período de crise econômica agravada pela pandemia de Covid-19.

O programa Ciclo de Cuidados vai trabalhar, ainda, a educação acerca da menstruação, higiene e saúde feminina. Serão distribuídos materiais impressos com orientações sobre o assunto e haverá a realização de palestras, oficinas e atividades de conscientização sobre a saúde feminina.

Para o secretário de Educação, a iniciativa confere dignidade a jovens e mulheres da rede municipal. “É uma vitória para todas, em especial estas pessoas que, por carências de toda ordem, não têm condições de arcar com a compra mensal de absorventes. Agora, a escola proverá este produto de higiene, para que elas não faltem às aulas no período menstrual”, garantiu Marcelo Oliveira.

Continue Lendo

Mais Lidas