SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

Esporte

Boris Becker é condenado a dois anos por esconder bens após falência

A ex-estrela do tênis, condenada sob a Lei de Insolvência, cumprirá metade da pena de prisão

Publicado

em

Boris Becker foi preso por dois anos e seis meses por esconder milhões de libras em ativos depois de falir em junho de 2017. Ao sentenciar
Becker entrou no tribunal de mãos dadas com sua namorada, Lilian de Carvalho Monteiro

Boris Becker foi preso por dois anos e seis meses por esconder milhões de libras em ativos depois de falir em junho de 2017. Ao sentenciar Becker, a juíza Deborah Taylor, disse: “Levo em consideração o que foi descrito como sua ‘caída em desgraça’ . Você perdeu sua carreira e reputação e todas as suas propriedades como resultado de sua falência.”

Mas ela acrescentou: “Você não demonstrou remorso, aceitação de sua culpa e procurou se distanciar de sua ofensa e de sua falência. Embora eu aceite sua humilhação como parte do processo, não houve humildade.”

A ex-estrela do tênis, condenada sob a Lei de Insolvência, cumprirá metade da pena de prisão. Ele foi considerado culpado de quatro acusações por um júri no tribunal da coroa de Southwark neste mês, mas absolvido de outras 20 acusações relacionadas à sua falência de 2017. Ele havia enfrentado uma pena máxima de prisão de sete anos.

Becker recebeu uma sentença suspensa de dois anos por evasão fiscal e tentativa de evasão fiscal no valor de € 1,7 milhão (cerca de R$ 8,9 milhões) na Alemanha em 2002. Referindo-se a essa condenação, o juiz disse: “Você não atendeu ao aviso que recebeu e a chance que lhe foi dada pela pena suspensa e isso é um agravante significativo.”

Becker, vestindo uma gravata listrada nas cores roxa e verde de Wimbledon, entrou no tribunal de mãos dadas com sua namorada, Lilian de Carvalho Monteiro. Seu filho Noah também compareceu, carregando uma grande bolsa Puma.

O hexacampeão de Grand Slam negou todas as acusações, dizendo que cooperou com os curadores encarregados de proteger seus ativos – até mesmo oferecendo seu anel de casamento – e agiu com base em conselhos de especialistas.

Mas na audiência de sentença na sexta-feira (29), a promotora, Rebecca Chalkley, disse que Becker agiu “deliberadamente e desonestamente” e que ele “ainda procurava culpar os outros”.

O advogado de defesa, Jonathan Laidlaw, pediu clemência, dizendo que seu cliente não gastou dinheiro em um “estilo de vida luxuoso”, mas sim em pensão alimentícia, aluguel e despesas legais e comerciais. Becker, ele disse ao tribunal, havia sofrido “humilhação pública” e não tinha potencial de ganhos futuros.

A falência de Becker resultou de um empréstimo de 4,6 milhões de euros de um banco privado em 2013, bem como cerca de 1,6 milhão de dólares emprestados de um empresário britânico no ano seguinte, de acordo com depoimentos no julgamento.

Durante o julgamento, Becker disse que seus ganhos de US$ 50 milhões na carreira foram engolidos por pagamentos de um “divórcio caro” e dívidas quando ele perdeu grande parte de sua renda após a aposentadoria.

Mas o juiz levou em conta até que ponto Boris Becker foi para evitar o pagamento de suas dívidas, incluindo não declarar sua participação em uma propriedade de 1 milhão libras em sua cidade natal de Leimen, na Alemanha, ocultar um empréstimo bancário de € 825.000 (quase R$ 4,32 milhões) no valor de 1,1 milhão de libras com juros e ocultando 75.000 ações em um negócio de tecnologia avaliado em 66.000 libras.

Matthew Carter, sócio do Centro Nacional de Falências da empresa internacional de auditoria, impostos e consultoria Mazars, disse: “O veredicto de hoje reafirma as graves consequências para aqueles que não cumprem suas obrigações legais como falidos sob a Lei de Insolvência”.

“O Sr. Becker não declarou ativos significativos em sua falência e esta sentença serve como um forte aviso para aqueles que tentam esconder seus ativos”, acrescentou. “Não há vencedores neste caso infeliz, e é imperativo que qualquer pessoa que enfrente dificuldades financeiras procure aconselhamento especializado em insolvência o mais cedo possível para evitar problemas de escalada a esse ponto.”

O executivo-chefe do Serviço de Insolvência, Dean Beale, disse: “A sentença de Boris Becker demonstra claramente que ocultar ativos em falência é uma ofensa grave pela qual processaremos e levaremos os infratores à justiça”.

Esporte

Fifa anuncia cidades-sede da Copa do Mundo de 2026

A competição tem outro componente especial, pois será a primeira edição de um Mundial com 48 participantes

Publicado

em

A Fifa anunciou na quinta-feira (16) as 16 cidades-sede da Copa do Mundo de 2026, que será disputada no Canadá, no México e nos Estados Unidos. Esta competição tem outro componente especial, pois será a primeira edição de um Mundial com 48 participantes.
Foto: Jessica Alcheh/USA Today Sport

A Fifa anunciou na quinta-feira (16) as 16 cidades-sede da Copa do Mundo de 2026, que será disputada no Canadá, no México e nos Estados Unidos. Esta competição tem outro componente especial, pois será a primeira edição de um Mundial com 48 participantes.

No Canadá as sedes serão Vancouver e Toronto. Já no México as partidas serão disputadas em Guadalajara, Monterrey e Cidade do México. Enquanto nos Estados Unidos as seleções jogarão em Seattle, São Francisco, Los Angeles, Kansas City, Dallas, Atlanta, Houston, Boston, Filadélfia, Miami e Nova York.

“Parabenizamos as 16 cidades-sede da Copa do Mundo por seu excelente compromisso e paixão. Hoje é um dia histórico, para todos nessas cidades e estados, para a Fifa, para o Canadá, os EUA e o México, que farão o maior show da Terra. Estamos ansiosos para trabalhar em conjunto com eles para entregar o que será uma Copa do Mundo sem precedentes e um divisor de águas, enquanto nos esforçamos para tornar o futebol verdadeiramente global”, disse o presidente da Fifa, Gianni Infantino.

Continue Lendo

Esporte

Canoagem, ciclismo e futevôlei movimentam final de semana

A 6ª etapa do Campeonato Baiano de Canoagem Velocidade e Paracanoagem acontece no município de Camamu

Publicado

em

Salvador. Já no interior, acontece a 6ª etapa do Campeonato Baiano de Canoagem Velocidade e Paracanoagem, no município de Camamu, e
Foto: Ascom/Sudesb

O primeiro fim de semana do mês de junho está bastante movimentado, com a agenda esportiva repleta de competições importantes pelo estado da Bahia. Em Salvador, acontece a partir deste sábado (4), a primeira etapa do Campeonato Baiano de Futevôlei 2022, com sede na Arena Summer, no canteiro central da Praia do Corsário, em Salvador. Já no interior, acontece a 6ª etapa do Campeonato Baiano de Canoagem Velocidade e Paracanoagem, no município de Camamu, e o Desafio dos Gerais de Mountain Bike, na cidade de Caetité.   

Todas as competições têm o apoio do Governo da Bahia, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego e Esporte (Setre). Organizado pela Federação das Associações de Futevôlei do Estado da Bahia (FAFEB), o torneio de futevôlei será realizado entre sábado (4) e domingo (5), e contará com três categorias de duplas do masculino e duas do feminino, nas quais participarão 220 atletas. As próximas etapas serão realizadas em Maraú, na península de Barra Grande, e também na cidade de Cipó.  

Já no domingo (5), acontece mais uma etapa do Campeonato Baiano de Canoagem de Velocidade e Paracanoagem 2022, na cidade de Camamu. A 6ª etapa do torneio vai reunir cerca de 130 canoístas dos municípios de Maraú, São Félix, Ubaitaba, Ubatã e Itacaré. Na pontuação geral, as disputas seguem acirradas entre canoístas de Ubaitaba e Itacaré.  

Por fim, o município de Caetité recebe o 5º Desafio dos Gerais, competição válida como 3ª etapa do Ranking Estadual de MTB e XCM, que acontece durante os dias 4 e 5 de junho. O evento esportivo possui categorias para profissionais e iniciantes do masculino e feminino e vai contar com cerca de 450 atletas. 

Continue Lendo

Esporte

Arena Aquática prepara atletas para campeonato baiano

O evento será sediado no próprio equipamento, na Pituba, nos próximos dias 2 a 4 de junho

Publicado

em

A Arena Aquática Salvador intensifica o treinamento da equipe de natação para disputar o Campeonato Baiano de Inverno. O evento será sediado
Foto: Lucas Moura/SecomPMS

A Arena Aquática Salvador intensifica o treinamento da equipe de natação para disputar o Campeonato Baiano de Inverno. O evento será sediado no próprio equipamento, na Pituba, nos próximos dias 2 a 4 de junho.

O gerente de Esportes Aquáticos, Edvaldo Valério, nutre boas expectativas sobre o desempenho dos atletas na competição estadual, apesar das dificuldades enfrentadas durante a pandemia, quando as atividades esportivas foram paralisadas. “Espero que a gente tenha um resultado coletivo muito bom e fique entre as três melhores equipes da Bahia, o que será um grande feito. Individualmente, esperamos alguns resultados legais, especialmente de Manoel Felipe e de outros nadadores, que também devem alcançar índices para os campeonatos brasileiros”, destaca.

Manoel Felipe, 18 anos, revela que tentará ser campeão baiano novamente pela equipe da arena e detalha as provas que irá disputar. “A expectativa no baiano é grande. Vou competir nos 50 metros livres, nos 100 metros livres e nos 100 metros borboleta, modalidades em que já conquistei os índices para o campeonato brasileiro. A gente sempre busca mais e acredito que estamos evoluindo bem, tanto a equipe quanto eu mesmo, pessoalmente”, comentou.

Maurício Sá Barreto, que é treinador da equipe da Arena Aquática Salvador, informa que os atletas disputam o Campeonato Baiano de Inverno desde a categoria mirim, na qual se inserem crianças de nove anos, até a categoria sênior, que inclui adultos com idade acima de 20 anos.

“Conquistamos a 9ª colocação no Campeonato do Nordeste, Troféu Sérgio Silva, realizado aqui mesmo na Arena, no último final de semana, e é muito expressivo estarmos entre este top 10 regional. Tivemos sete medalhistas, todos melhorando suas marcas pessoais, dois índices para o brasileiro, e medalha na prova de 4km no mar. Então, a perspectiva para o baiano é a melhor possível”, conclui.

Continue Lendo

Mais Lidas