SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

Segurança

Rui quadruplica prêmio por apreensão de arma de fogo

A partir de amanhã (16), policiais militares e civis receberão quatro vezes o valor que até então era pago por esse tipo de apreensão

Publicado

em

O Governo do Estado publica, no Diário Oficial deste sábado (16), mudanças no decreto que regulamenta o Prêmio Especial pago por arma de fogo
Foto: Ascom/SSP-BA

O Governo do Estado publica, no Diário Oficial deste sábado (16), mudanças no decreto que regulamenta o Prêmio Especial pago por arma de fogo apreendida em operações policiais. A partir de amanhã, policiais militares e civis receberão quatro vezes o valor que até então era pago por esse tipo de apreensão. Na última quarta-feira (13), o governador Rui Costa anunciou que faria alterações com o objetivo de valorizar a produtividade policial.

“A nossa polícia trabalha com inteligência e determinação. Portanto, merece nosso reconhecimento e valorização. Estamos multiplicando por quatro o valor do prêmio que é pago por apreensão de armas na Bahia, com o objetivo de estimular este trabalho fundamental no enfrentamento da criminalidade”, afirmou o governador.

O prêmio pela apreensão de armas de fogo de uso permitido, que era de R$ 300, passa a ser de R$ 1.200, segundo o novo decreto, que entra em vigor a partir de sábado (16). Já a premiação relativa às armas de uso restrito foi reajustada de R$ 600 para R$ 2.400. O maior prêmio será pago para armas do tipo fuzil, metralhadoras e artefatos explosivos de uso exclusivo das Forças Armadas, que salta de R$ 1.500 para R$ 6.000.

O secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino, destacou que o aumento nas premiações vai ajudar no combate à circulação ilegal de armas. “Quem tem que andar armada é a polícia, porque ela usa arma para proteger o cidadão. Arma na mão de pessoas privadas despreparadas não é proteção, é risco”.

O Prêmio Especial continuará sendo pago por arma de fogo apreendida, dividindo-se os valores estabelecidos em partes iguais entre os componentes da equipe que efetuar a apreensão da arma.

Segurança

Mulher é flagrada com arma e compras feitas com cartões roubados

As investigações e diligências prosseguem com o objetivo de desarticular o grupo criminoso

Publicado

em

na quinta-feira (2), na prisão em flagrante de uma mulher com uma pistola .40, cartões e documentos de terceiros, além de utensílios domésticos
Foto: Ascom/PC

Diligências de investigadores da 9ª Delegacia Territorial (DT) da Boca do Rio, com o objetivo de apurar denúncias de estelionato, culminaram, na quinta-feira (2), na prisão em flagrante de uma mulher com uma pistola .40, cartões e documentos de terceiros, além de utensílios domésticos e cosméticos comprados por meio de transações fraudulentas.

O delegado Carlos Roberto de Freitas, explicou que a suspeita, de 38 anos, integra uma quadrilha que, após roubar cartões e documentos, efetua compras pela internet utilizando esses dados. O flagrante foi realizado em um imóvel, no bairro do Uruguai, utilizado para receber os produtos adquiridos nas lojas virtuais.

“Apuramos que ela também seria responsável por fazer a adulteração dos documentos”, acrescentou o delegado. Na 9ª DT/Boca do Rio, a mulher foi autuada por posse ilegal de arma de fogo e receptação.

As investigações e diligências prosseguem com o objetivo de desarticular o grupo criminoso. A mulher deve passar pela audiência de custódia da Justiça.

Continue Lendo

Segurança

Deam de Conquista liberta mulher e crianças de cárcere privado

O homem, de 29 anos, mantinha as vítimas trancadas e foi autuado por cárcere qualificado

Publicado

em

Uma mulher, de 21 anos, e duas crianças foram libertadas por policias da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Vitória da
Foto: Ascom/PC

Uma mulher, de 21 anos, e duas crianças foram libertadas por policias da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Vitória da Conquista, depois de um flagrante de cárcere privado, nesta segunda-feira (22).

O homem, de 29 anos, mantinha as vítimas trancadas e foi autuado por cárcere qualificado. De acordo com a titular da Deam/Conquista, delegada Gabriela de Diego Garrido, a equipe da unidade deslocou-se para a localidade, no distrito de Inhobim, assim que recebeu a denúncia.

“Localizamos o imóvel lacrado com um cadeado. As vítimas viviam de forma insalubre, pois não tinha nem banheiro na casa. O autor do crime foi preso em uma propriedade, próxima a esse lugar”, detalhou a delegada.

A mulher e os filhos, um com dois anos e o outro de apenas oito meses, foram encaminhados aos serviços de assistência social do município. “Vale destacar que a vítima não teve acompanhamento pré-natal e os partos das crianças foram realizados no domicílio do casal, sem auxílio adequado. Os filhos também não possuíam nenhum tipo de documento”, acrescentou.

O homem está à disposição do Poder Judiciário. A pena prevista para o crime de cárcere privado é de quatro a oito anos.

Continue Lendo

Segurança

PF investiga bolsas com cocaína no litoral da Bahia e Espírito Santo

Até o momento foram resgatadas 17 bolsas náuticas intactas, carregadas com 442 quilos de cocaína

Publicado

em

internacional de drogas. Por meio da simulação de operações de pesca, os criminosos tentavam movimentar toneladas de cargas de cocaína
Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (23) a Operação Mar Aberto, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa especializado em tráfico internacional de drogas. Por meio da simulação de operações de pesca, os criminosos tentavam movimentar toneladas de cargas de cocaína para alto-mar, de onde seriam resgatadas por embarcações estrangeiras e então levadas até países da África e Europa.

Cerca de 100 policiais federais cumprem 20 mandados de busca e apreensão em Itapemirim, no sul do Espírito Santo, além de Santa Catarina (Balneário Camboriú, Camboriú, Itapema, Porto Belo, Florianópolis, Itajaí, Navegantes e São José) e Paraná (Curitiba e Matinhos).

Também são cumpridos seis mandados de prisão preventiva de outros investigados. Na ação, autorizada pela 1ª Vara Federal de Itajaí, também estão sendo sequestrados veículos, imóveis e duas embarcações de pesca industrial, pertencentes ao grupo criminoso.

Dentre os fatos, a Polícia Federal investiga o aparecimento, entre os meses de maio e julho, de bolsas de cocaína no litoral da Bahia e Espírito Santo, encontradas pela população local. Há registro de que até o momento foram resgatadas 17 bolsas náuticas intactas, carregadas com 442 quilos de cocaína.

Continue Lendo

Mais Lidas