SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

Olhar do Viajante

Certificado de vacinação contra Covid-19, como emitir

O documento é válido em todo o território nacional e tem validade de um ano a partir da emissão

Publicado

em

Os brasileiros que pretendem fazer viagens ao exterior devem atentar para a emissão do Certificado Nacional de Vacinação contra Covid-19, a fim de
Fotomontagem: Pixabay/Bahia Pra Você

Flavia Requião – Consultora de viagens

Com a reabertura gradual das fronteiras, a maioria dos países passam a exigir um comprovante de imunização contra a Covid–19, para assim autorizar a entrada de visitantes estrangeiros.

Contudo, não só os viajantes internacionais necessitarão do certificado, mas muitas cidades do Brasil já estão solicitando a apresentação do “passaporte de vacinação” para entrada em alguns estabelecimentos e atrações turísticas, como forma de orientar e conscientizar o público sobre a importância da imunização contra Covid-19, além de oferecer maior segurança a todos.

Nesse sentido, foi disponibilizado pelo Ministério da Saúde, através de um aplicativo ou site do Conecte SUS, um documento que comprova a vacinação do cidadão contra a Covid-19. Ele apresenta os dados cadastrais do vacinado, data e horário da emissão do certificado, além de dados de autenticação e informações sobre as doses de vacinas aplicadas.

Os brasileiros que pretendem fazer viagens ao exterior devem atentar para a emissão do Certificado Nacional de Vacinação contra Covid-19, a fim de comprovar a sua completa imunização e poder viajar com mais segurança e tranquilidade.

Porém, muitas pessoas ainda tem dúvidas quando ao que é o certificado e aos procedimentos para emiti-lo. Dessa forma, para ajudar a você no processo de emissão confira o passo a passo:

  • Antes de tudo você poderá escolher entre baixar o APP Conect SUS no seu celular (Android ou IOS) ou acessar a versão web pelo endereço: https://conectesus.saude.gov.br

Obs: Confira se você já tem um cadastro no sistema do governo federal https://sso.acesso.gov.br/ ou diretamente no aplicativo.

  • Clique no ícone “vacinas”
  • Em seguida, clique onde contém informações da dose administrada e todas as informações sobre os imunizantes, como lote e fabricante.
  • Se você já completou sua imunização recomendada pelo Ministério da Saúde, clique em “Certificado de vacinação”
  • Automaticamente, o sistema emitirá o certificado em um QR Code, que poderá ser salvo em PDF disponível em português, inglês e espanhol.
  • Para emitir o certificado em outro idioma, clique na bandeira e nas iniciais do país no topo da página. O sistema alterna automaticamente a versão.

O documento é válido em todo o território nacional e tem validade de um ano a partir da data de emissão.  Apesar de não existir uma normativa internacional publicada, os países estão aceitando o Certificado Nacional de Vacinação contra a Covid-19 como comprovante de vacinação.

Consulte antes se o país que irá visitar, aceita o Certificado emitido pelo Brasil, assim como a vacina exigida para entrada.

E fique sempre atento, pois esses protocolos estão sujeitos à alteração a qualquer tempo.

Flavia Requião é autora do Blog Olhar do Viajante e Consultora de Viagens da Bahia Vista Turismo

Olhar do Viajante

Redescubra o Brasil – Amazônia

A ideia é sentir a floresta amazônica bem de perto, com experiências reais e transformadoras

Publicado

em

o Brasil, hoje vamos redescobrir o coração verde do nosso país! Uma das nossas maioes riquezas e que poucos Brasileiros conhecem, a Amazônia.
Fotos: Divulgação

Flavia Requião

Da série Redescubra o Brasil, hoje vamos redescobrir o coração verde do nosso país! Uma das nossas maioes riquezas e que poucos Brasileiros conhecem, a Amazônia.

Quando falamos da Amazônia, nos remetemos logo à maior floresta tropical do mundo, onde abriga o maior rio (em volume de água), o Rio Amazonas, que possui uma enorme biodiversidade de fauna e flora, e que essa floresta ainda é capaz de influenciar no clima de todo o nosso planeta.

Mas não podemos esquecer, que a Amazônia é também a região do Brasil que mais preserva traços da nossa cultura ancestral, a indígena.

Desta forma, visitar a Amazônia é a viagem ideal para quem busca se conectar por completo, com a natureza, conhecendo–a, aprendendo sobre a importância de valorizar essa floresta tropical e dos habitantes que nela vivem, que são os principais responsáveis pela sua conservação.

A floresta amazônica é tão grande, que abrange 7 estados brasileiros, e assim, temos diversas maneiras de descobrir e vivenciar a Amazônia.

Hoje, vou falar de uma Experiência Amazônica no estado do Amazonas e se hospedando num hotel de selva, ou seja, o dentro da floresta. Existem vários hotéis de selva na Amazônia, desde mais simples até os mais luxuosos e sofisticados, inclusive navios 5 estrelas. Porém, independentemente da categoria do hotel escolhido, a ideia é sentir a Amazônia bem de perto, com experiências reais e transformadoras.

Selecionei 10 experiências que irão transformar seu olhar de viajante! Vamos conferir?

1 Se hospedar num hotel de Selva

A melhor forma de conhecer a Amazônia é hospedar-se na floresta e embrenhar-se por ela. Dormir e acordar ao som da natureza, comer peixes frescos e frutas colhidas da floresta, e além de tudo poder fazer os principais passeios e expedições. Se hospedar num hotel de selva na amazônica, está entre as experiências de viagem que todo brasileiro deveria ter em algum momento da vida.

2 Caminhar em meio a Floresta Amazônica

Caminhar no meio da floresta, observando inúmeras espécies de plantas, aprender sobre algumas plantas medicinais, poder beber água potável direto das nascentes e saborear frutas da região. Você ficará encantado pela diversidade de fauna e flora, com mais de 30 mil espécies de plantas de todos os tamanhos e formas, e inúmeras espécies de aves, mamíferos, répteis e peixes.

3 Passear de barco no Rio Amazonas

As estradas na Amazônia, são o rio Amazonas e seus inúmeros afluentes. E uma verdadeira imersão nesse destino, exige pelo menos uma viagem de barco, na qual conseguirá sentir um pouco dessa imensidão fluvial e conhecer os Igapós (áreas alagadas) e Igarapés (curso d’água), ver de perto as famosas vitórias-régias, plantas aquáticas típicas da região amazônica e toda a vida das comunidades que vivem em casas flutuantes.

4 Fazer focagem noturna de animais

Sair em barco a noite, com iluminação apenas de lanternas e da luz da lua,  apreciar os sons noturnos da selva, com a possibilidade de focar pequenos jacarés ou outros animais com hábitos noturnos é um dos momentos mais incríveis quando está na Amazonia.

5 Conhecer uma comunidade indigena

Fazer uma imersão nas comunidades indígenas, observando e aprendendo como eles vivem, sobre como sofreram com a colonização, como se adaptaram, como trabalham. Escutar um idioma diferente dentro do mesmo Brasil, é uma experiência incrível.

6 Interagir com os botos

o Brasil, hoje vamos redescobrir o coração verde do nosso país! Uma das nossas maioes riquezas e que poucos Brasileiros conhecem, a Amazônia.

O boto cor-de-rosa é uma espécie de golfinho que vive apenas em águas doces, e é um dos animais mais famosos da Amazônia. Suas cores podem variar de cinza à rosa. Muito dóceis, esses golfinhos, saltam da água em busca de peixes fazendo a maior diversão. Toda essa interação, somente acontece em lugares autorizados pelo Ibama.

7 Visitar a Floresta dos Macacos

o Brasil, hoje vamos redescobrir o coração verde do nosso país! Uma das nossas maioes riquezas e que poucos Brasileiros conhecem, a Amazônia.

Visitar o Centro de Reabilitação e Reintrodução de Animais Silvestres, conhecido como ” Floresta dos Macacos” é também uma atração imperdível. Esse Centro tem como um dos projetos de base, proteger os primatas ameaçados de caça predatoria, comercialização e cárcere ilegais. O local é aberto a visitação, sempre acompanhados por profissionais habilitados, permitindo aos turistas filmar e fotografar estes animais em ambiente totalmente natural e seguro.

8 Conhecer a casa do Caboclo

o Brasil, hoje vamos redescobrir o coração verde do nosso país! Uma das nossas maioes riquezas e que poucos Brasileiros conhecem, a Amazônia.

Aprender sobre os costumes e tradições dos habitantes ribeirinhos, chamados de “caboclos” (miscigenação entre branco e índios). Visitar à casa de um caboclo, é conhecer um pouco mais sobre a história da população amazônica, do ciclo da borracha e conhecerá sobre plantas medicinais e verá, dentre outras coisas, como é feita a farinha de mandioca, principal atividade econômica da região e base da culinária local.

9 Contemplar o Nascer do Sol

o Brasil, hoje vamos redescobrir o coração verde do nosso país! Uma das nossas maioes riquezas e que poucos Brasileiros conhecem, a Amazônia.

Ter a oportunidade de admirar a beleza do nascer do sol na Amazônia é algo para poucos. Nessa experiência, saímos do hotel e navegamos em uma canoa motorizada, antes dos primeiros raios de sol. O nascer do sol da Amazônia, está entre os mais espetaculares do mundo.

10 Ver o espetaculo Encontro das Águas

o Brasil, hoje vamos redescobrir o coração verde do nosso país! Uma das nossas maioes riquezas e que poucos Brasileiros conhecem, a Amazônia.

E o que não poderia faltar! O Encontro das águas! Um dos maiores patrimônios naturais da Amazônia. E acredite, não há nada mais especial que ver o encontro das águas de perto! O encontro das aguas escuras do Rio Negro com as águas barrentas do Solimões, que pela diferenca da densidade da agua e da sua velocidade, as aguas não se misturam feito água e azeite. É realmente uma experiência única!

Flavia Requião é autora do Blog Olhar do Viajante e consultora de viagens da Bahia Vista Turismo

Continue Lendo

Olhar do Viajante

Redescubra o Brasil – Trancoso

Mesmo com todo o requinte, o vilarejo mantém preservado sua autenticidade e seu patrimônio histórico

Publicado

em

Localizado no sul da Bahia, Trancoso, é um distrito do município de Porto Seguro e faz parte da Costa do Descobrimento. O vilarejo foi fundado
Fotos: Divulgação

Flavia Requião

Dando continuidade à série Redescubra o Brasil, trago hoje um destino cheio de charme, em que você poderá desfrutar de experiências únicas, aqui no estado da Bahia.

Localizado no sul da Bahia, Trancoso, é um distrito do município de Porto Seguro e faz parte da Costa do Descobrimento. O vilarejo foi fundado no inicio da colonização portuguesa pelos Jesuítas, com o objetivo de ser um aldeamento para catequização dos índios. A partir dos anos 70, o local deixou de ser isolado, quando os hippies o descobriram. Hoje, mesmo com todo o requinte, Trancoso mantém preservado sua autenticidade e seu patrimônio histórico.

É um destino para curtir sem pressa, perfeito para relaxar e recarregar as energias, principalmente porque suas belíssimas praias, que são os principais atrativos, tem aquele clima de total tranquilidade e bem-estar. No entanto, Trancoso também é conhecido por seus hotéis-butique, seus conceituados restaurantes, sua noite badalada e é um dos lugares preferidos das celebridades.

Selecionei 8 experiências que vão fazer você se apaixonar por Trancoso:

1 Curtir Praias semi-desertas

Praias de areia branca, falésias e piscinas naturais que nos permitem admirar e relaxar nesse cenário incrível, assim são as praias de Trancoso. A Praia do Espelho, a mais famosa delas, foi considerada uma das praias mais bonitas do país.

2 Curtir o Quadrado de Trancoso

No alto de uma falésia, com um gramado no meio, charmosas casinhas coloridas em volta e ao fundo o mar, o famoso Quadrado preserva o centro histórico e é o coração do vilarejo, esbanjando charme e um ar bucólico, únicos. O local faz questão de preservar sua arquitetura e sua simplicidade original, de uma antiga vila de pescadores. Durante o dia, o campo de futebol, no centro do Quadrado, recebe os esportistas, já a noite badalada, as casinhas coloridas funcionam como bares, restaurantes e lojas.

3 Hospedar-se em Pousadas de Charme

Sem dúvida alguma, Trancoso é um dos vilarejos mais bonitos do litoral da Bahia, é pequena e aconchegante e é nesse clima que vamos encontrar as mais charmosas hotéis e pousadas do Brasil. O padrão de qualidade é bem alto e são tantas opções, que fica difícil escolher a mais bonita

4 Degustar uma sofisticada gastronomia

No Quadrado de Trancoso, a culinária típica da Bahia, com azeite de dendê e leite de coco, ganha uma nova roupagem, com técnicas refinadas e sabores internacionais, no qual podemos saborear nos mais diversos restaurantes renomados, espalhados por toda Vila.

5 Fazer uma aula de Yoga

Localizado no sul da Bahia, Trancoso, é um distrito do município de Porto Seguro e faz parte da Costa do Descobrimento. O vilarejo foi fundado

Trancoso também é referência em saúde e bem estar! E nada melhor do que se desligar do mundo em plena natureza, experimentando uma relaxante aula de yoga. Que pode ser feita na praia ou mesmo no Quadrado de Trancoso.

6 Fazer trilha no Parque Nacional do Pau Brasil

Localizado no sul da Bahia, Trancoso, é um distrito do município de Porto Seguro e faz parte da Costa do Descobrimento. O vilarejo foi fundado

A poucos quilômetros de Trancoso, está o Parque Nacional do Pau Brasil, que é uma das áreas mais extensas de Mata Atlântica no sul da Bahia. Caminhar no meio a mata nativa e preservada do nosso país, pode ser uma experiencia fantástica.

7 Experiência na Reserva da Jaqueira

Localizado no sul da Bahia, Trancoso, é um distrito do município de Porto Seguro e faz parte da Costa do Descobrimento. O vilarejo foi fundado

Pouco mais de 1h de Trancoso, na Costa do Descobrimento, encontramos essa riqueza cultural, que é a Reserva da Jaqueira, um local sagrado para comunidade Indigena Pataxó, composta por famílias que vivem ali em ocas, mantendo suas tradições. Fazer uma imersão a nossa cultura ancestral uma experiência inesquecível.

8 Assistir um espetáculo no Teatro L’Occitane

Localizado no sul da Bahia, Trancoso, é um distrito do município de Porto Seguro e faz parte da Costa do Descobrimento. O vilarejo foi fundado

Em meio a uma estrada de terra, está o lindo e moderno Teatro L’Occitane. O local possui um teatro aberto e outro fechado e foi desenhado pelo arquiteto italiano François Valentiny É lá que acontece o famoso Festival de Música de Trancoso, no mês de março, mas durante todo o ano o espaço recebe diversas atrações, festivais culturais, apresentações artísticas, gravações, desfiles de moda, congressos, oficinas artísticas, dentre outros.

Então. gostou do que vai encontrar em Trancoso?

Flavia Requião é autora do Blog Olhar do Viajante e consultora de viagens da Bahia Vista Turismo

Continue Lendo

Olhar do Viajante

Redescubra o Brasil – Rota das Emoções

Esse roteiro foi idealizado em 2005 e reúne as maravilhas de três estados nordestinos: Maranhão, Piauí e Ceará

Publicado

em

Como o próprio nome diz, uma viagem emocionante, e que surpreende àqueles que buscam novos destinos. A Rota das Emoções contempla uma

Flavia Requião – Consultora de viagem

Como o próprio nome diz, uma viagem emocionante, e que surpreende àqueles que buscam novos destinos. A Rota das Emoções contempla uma das mais singulares regiões do Brasil e reúne o melhor do sol e praia, dunas, rios, delta, ecoturismo, aventura, natureza, vilarejos, além da maravilhosa gastronomia nordestina e sua hospitalidade única.

Arrisco dizer, que é o melhor roteiro no nordeste. Ele foi idealizado em 2005 pelo Sebrae juntamente com o Ministério do Turismo e as operadoras locais, e nele reúne as maravilhas de três estados nordestinos: Maranhão, Piauí e Ceará. Além disso, a Rota das Emoções, está sempre focada em ações de promoção do turismo sustentável e responsabilidade socioambiental, por isso, une três unidades de conservação: Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, no Maranhão; APA do Delta do Parnaíba, no Piauí; e Parque Nacional de Jericoacoara, no Ceará.

Em um percurso de 900 quilômetros, visitando 14 municípios, seus principais atrativos são os Lençóis Maranhenses, conhecido como o  “deserto” brasileiro, repleto de lagoas cristalinas; o Delta do Parnaíba, o maior Delta das Américas, composto por mais de 80 ilhas, um verdadeiro santuário da biodiversidade; e Jericoacoara, considerada umas das belas praias, com mar azul, dunas e lagoas, um verdadeiro paraíso ecológico.

O melhor da Rota das Emoções é que existem várias possibilidades de roteiros com paradas e número de dias de acordo com sua preferência. O tempo mínimo para fazer o todo o roteiro é de 9 dias, para que não fique muito cansativo.  Indico iniciar o roteiro pelo Maranhão, pois precisará de mais esforço para chegar aos Lençóis, depois, curtir todo o percurso da viagem e no final recuperar as energias nas águas calmas de Jericoacoara, mas poderá ser feito de forma inversa.

Experiências autenticas fazem toda a diferença numa viagem, e é o que não faltam nessa rota cheia de emoção. Assim, selecionei as mais incríveis, que farão você se apaixonar por esse roteiro:

1 Aventurar-se em Off Road

Fugindo dos percursos tradicionais em aviões ou ônibus, nesse roteiro é possível aventurar-se à beira mar curtindo toda a beleza do litoral nordestino. A maioria dos deslocamentos são feitos em carros 4×4, os chamados off road. Eles são super confortáveis e ideais para se deslocar à beira-mar, passando pela areia da praia, dunas e relevos. É um dos pontos altos dessa viagem.

2 Conhecer os Lençóis Maranhenses

Por mais que já tenha visto em fotos, vídeos, documentários ou mesmo alguém lhe descrevendo, o que você vai encontrar nos Lençóis Maranhenses, é algo impossível de ser representado ou descrito. O impacto de se sentir inserido e integrado à uma imensidão sem fim de dunas de areias finíssimas  e lagoas cor de esmeralda, é uma experiência inigualável. É impossível não se emocionar.

 3 Passear de Barco no maior Delta das Américas

Navegar no coração do Delta do Parnaíba, é mais uma incrível experiência da Rota das Emoções. O Delta do Rio Parnaíba é um santuário ecológico de enorme beleza natural. É o único delta das Américas que deságua em mar aberto e o terceiro maior do mundo. Suas ramificações desenham um arquipélago de dezenas de ilhas, igarapés, dunas, lagoas de água doce e uma exuberante floresta tropical, onde ainda se encontram crocodilos, jiboias, capivaras, macacos e aves de rara beleza.

 4 Se emocionar com a Revoada dos Guarás

Outra experiência marcante nesse roteiro, ainda no Delta do Parnaíba, é sem dúvidas a Revoada dos Guarás. Depois de um dia passeando pelas águas dos Delta, no fim da tarde, ao pôr do sol, somos agraciados por um espetáculo da natureza, num fenômeno impressionante e único. Centenas ou milhares de aves vermelhas, os Guarás, chegam aos bandos numa ilhota no final da tarde para dormir, o que parecia algo comum, aos poucos se torna um momento emocionante e indescritível.

5 Curtir a vila de Jeri

Queridinha das celebridades, Jericoacoara é, de fato, um destino imperdível e já foi eleita uma das dez praias mais lindas do mundo. Além das belezas naturais, a Vila de Jeri tem algo de especial, uma atmosfera rústico-chique irresistível com uma excelente estrutura turística, com pousadas, lojinhas, bares e restaurantes. À noite, suas ruas tem pouca iluminação, e caminhar com os pés tocando a areia nos remete a uma vila do interior. E nesse clima você pode escolher jantar num dos charmosos bistrôs ou curtir a badalação em torno da praça, onde barraquinhas vendem coquetéis e bares tocam música ao vivo, em um clima super animado e descontraído!

6 Aventura-se na dunas e lagoas do Ceará

Além das lindas praias, Jeri possui outros lugares encantadores, e para conhecê-los  é preciso aventurar-se nos deliciosos e divertidos passeios de Buggy.  E entre o sobe e desce das dunas, dos mais variados tamanhos, estão verdadeiros oásis, as lagoas de águas cristalinas, com suas redes molhadas. Um paraíso! O destino ideal para quem quer descansar, contemplar ou curtir.

7 Contemplar o Pôr do Sol em Jeri

Um dos cartões postais imperdíveis e obrigatórios em Jeri, é com certeza o assistir o Pôr do Sol. E o lugar é tão especial, que se chama Duna do Pôr do Sol. Todos os fins de tarde, centenas de pessoas caminham até o topo dessa imensa e famosa duna, para contemplar esse espetáculo da natureza e tirar fotos incríveis.

8 Apreciar a deliciosa gastronomia

Como em qualquer viagem, a gastronomia é uma das melhores partes. E a culinária na Rota das Emoções é, indiscutivelmente, uma das atrações que completam o passeio. E apesar da proximidade dos estados, é possível apreciar as particularidades de lugar, com receitas e temperos totalmente diferentes. Seja na típica comida nordestina,  baião de dois, carne seca e mandioca, ou mesmo na seleção requintada de frutos do mar, que inclui peixes, camarões, caranguejos, polvo, lula, lagosta e outras delícias provenientes do mar ou rio.

Gostou? Que tal viver todas essas emoções nesse roteiro fantástico?

Flavia Requião é autora do Blog Olhar do Viajante e consultora de viagens da Bahia Vista Turismo

Continue Lendo

Mais Lidas